Prelúdio

Prel dio Dinheiro tudo o que Alleth Vairs necessita e tudo o que o levou a juntar se ao Servi o de Reconhecimento Amorsleano O trabalho de espi o paga bem mas a nova miss o pode trazer lhe mais do que uma rec

  • Title: Prelúdio
  • Author: Anton Stark
  • ISBN: 9789892032566
  • Page: 460
  • Format: Paperback
  • Dinheiro tudo o que Alleth Vairs necessita e tudo o que o levou a juntar se ao Servi o de Reconhecimento Amorsleano O trabalho de espi o paga bem, mas a nova miss o pode trazer lhe mais do que uma recompensa avultada E os deuses, dizem, s o graciososO duque Rehnquist Alvaro sonha com uma Amorslea forte e unida Para se certificar que certos obst culos s o removidosDinheiro tudo o que Alleth Vairs necessita e tudo o que o levou a juntar se ao Servi o de Reconhecimento Amorsleano O trabalho de espi o paga bem, mas a nova miss o pode trazer lhe mais do que uma recompensa avultada E os deuses, dizem, s o graciososO duque Rehnquist Alvaro sonha com uma Amorslea forte e unida Para se certificar que certos obst culos s o removidos desse caminho, ter que operar nas sombras, manipulando os destinos do reino com jogos de poder.Stephan Kallistos atirado for a para o comando de um regimento destro ado ap s uma esmagadora derrota da Confedera o A promo o n o lhe agrada, de todo De facto, o avan o na carreira pode revelar se terminal.Do Norte Gelado os Crentes lan am se uma vez mais contra os hereges do sul, e Quanon da Chama avan a com os seus irm os de templo nas fileiras da frente, pronto para a batalha.Neste primeiro volume da saga Downspiral, a primeira saga steampunk em portugu s, o leitor percorrer por terra, gua e ar os territ rios dos Reinos de Vapor, acompanhado por v rias personagens cujos destinos se entrecruzam e, mais importante de tudo, come ar tamb m ele a questionar se o que o Sopro, para que serve, e porque tantos o procuram

    • [PDF] Download ↠ Prelúdio | by Ó Anton Stark
      460 Anton Stark
    • thumbnail Title: [PDF] Download ↠ Prelúdio | by Ó Anton Stark
      Posted by:Anton Stark
      Published :2019-04-09T01:38:15+00:00

    About "Anton Stark"

    1. Anton Stark

      Anton Stark is the pseudonym of a Portuguese lad who dreams than it s advisable with steam contraptions and worlds that don t exist A student of languages by vocation, he has from an early age cultivated a fascination with all that s Speculative Fiction, and the Steampunk sub genre in particular a source of many a headache, when he has to explain the concept to someone else His most striking features include a hilarious and innate ability to be misinterpreted and a deathly hatred of both beaches and small dogs Anton Stark o pseud nimo de um rapaz portugu s que sonha mais do que saud vel com m quinas a vapor e mundos que n o existem Estudante de l nguas por voca o, desde cedo cultivou um fasc nio pelo Fant stico e o subg nero Steampunk em particular, o que lhe granjeia frustra es imensas quando o tem de explicar a algu m Entre as suas caracter sticas mais marcantes contam se uma habilidade inata e hilariante para ser mal interpretado e um dio de morte a c es demasiado pequenos Gosta de chap us, livros, gomas e cachimbos apesar de n o fumar , n o gosta de praia porque a areia se enfia em todo o lado com a escrita que ocupa a maior parte do tempo quando n o est a ler, a ver filmes, ou a contemplar a tinta do tecto Dizem as m s l nguas que se fosse uma fruta, seria um anan s.

    193 thoughts on “Prelúdio”

    1. Antes de começar a minha crítica, vou ter que fazer alguns disclaimers:1 - Fui forçada a ler este livro por ter perdido uma aposta com a Moggo. Note-se que, na altura, aceitei fazer esta leitura de bom grado visto que a alternativa original era ter que escrever uma fanfic de Twilight. Arrependi-me grandemente de não escolher a fanfic.2 - Parte de mim está intimidada por ser a única pessoa que deu uma estrela ao livro. Várias vezes quase hesitei, duvidando de mim mesma, mas a verdade é qu [...]


    2. Ora bem. Após alguns meses consegui finalmente que alguém do meu círculo social me facultasse este livro, por isso vamos a isto, começando por três avisos. Um, high fantasy não é muito a minha cena, sendo que prefiro a minha fantasia mais ou menos ancorada num mundo mais ou menos real. Esta preferência prende-se, em grande parte, com a minha tendência para valorizar personagens acima de todos os outros componentes de uma obra de ficção e com a tendência infeliz de muitos autores para [...]


    3. Sendo concisa e directa:O vocabulário é excelente. O autor tem-no e sabe usá-lo sem parecer pretensioso ou que nos está a vomitar um dicionário de sinónimos para cima. Isto verifica-se tanto nas narrações como nos diálogos, que se encontram bem inseridos e naturais.O wordbuilding é bom, sendo-nos dado através de descrições, diálogos, pensamentos… Ou seja, não achei que houvesse infodump por esta parte, embora houvesse sim muitas coisas para processar. Da minha parte não tive pr [...]


    4. Tendo o trabalho deste escritor já cruzado o meu radar em contos publicados online e em revistas, tinha algumas expectativas elevadas quanto a este Prelúdio. Queria perceber se a elegância literária e a solidez da construção de mundos ficcionais que noto nos contos escalava bem para algo com mais fôlego. Uma das coisas que me intrigou ao lê-los foi o parecerem fragmentos de algo mais elaborado. Num livro há mais espaço para o desenvolvimento de ideias.Após a leitura o que surpreende [...]


    5. Uma verdadeira surpresa, um mundo que se desenrola diante dos nossos olhos cheio de intrigas, conspirações, espiões e desafios à nossa imaginação. Quando começamos a ler, ficamos agradavelmente meio baralhados com um conjunto de personagens que nos são apresentadas num mundo próprio sem qualquer, aparentemente, elo de ligação entre elas. As personagens são cheias de vidas e levam-nos a querer saber mais sobre quem são e qual o seu papel no Mundo de Eos. Gostei muito do que li, a esc [...]


    6. A parte do Alleth é desnecessariamente engraçada e demasiado inverossímil. O tom dessa linha não é compatível com o resto do livro. Não gostei do final ser aberto, nem das mudanças de perspectiva à la carte. Dava jeito uma lista de personagens, visto que quando cheguei ao fim das primeiras 100 páginas já não sabia quem era quem. A descrição nalgumas partes cheira a info dump. Há gralhas e erros de paginação.Agora que já apontei os pontos maus, vou passar aos bons. O universo cr [...]


    7. Com uma prosa muito boa (por vezes demasiado), a história desenvolve-se a um ritmo mais ou menos rápido, com bastantes cenas de acção. O maior problema notado foi com as personagens em si. Tirando uma excepção ou outra, ao longo do texto, não conseguem criar empatia com o leitor (falo por mim), só transmitindo um pouco mais de emoção e sentimento nos últimos capítulos. Também senti falta de uma personagem feminina "forte".Quanto à revisão, precisava de uma mais atenta no que diz r [...]



    8. Um dos melhores livros que já li? Sem dúvida!"Prelúdio" de Anton Stark é um daqueles livros que é praticamente impossível de resumir ou de "criticar" pois revela uma história tão complexa e tão intrigante que para fazer uma opinião completa iria demorar dias a escrever. Mas mesmo assim, vou tentar o meu melhor."Prelúdio" é o primeiro volume de uma saga de fantasia com uma mistura de steampunk denominada de "Downspiral" e lança-nos para os Reinos de Vapor, um mundo fascinante e compl [...]


    9. Opinião no blog howtoliveathousandlivesspFoi com grandes expectativas que iniciei esta leitura, particularmente por saber que seria o meu primeiro contacto com o género Steampunk. Mesmo assim, fui tomada de assalto por uma obra verdadeiramente estimulante, que me deixou surpresa pela sua qualidade e originalidade.O Mundo de Eos é incrivelmente bem delineado, com algumas semelhanças ao mundo real mas bastantes particularidades interessantes e inovadoras. O autor apresenta conceitos novos a to [...]




    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *